(62) 9 9169-3200
Diferença entre curso de graduação e curso sequencial de complementação de estudos - Realiza
em 21 de junho de 2019
  • Notícias

Na hora de prestar um concurso, é comum os candidatos terem dúvidas com relação à formação profissional necessária para concorrer a uma vaga. A Realiza oferece curso superior com duração de três meses, com aprovação do MEC. Como isso é possível? Como você pode utilizar esse curso para ser aprovado no seu concurso? Esse artigo vai te explicar rapidamente como tudo isso é possível e funciona!

De acordo com a Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que regulamenta os cursos superiores no Brasil, existem dois tipos de curso superior: graduação e sequencial. Os cursos de graduação se subdividem em bacharelado, licenciatura e tecnólogos. Já o sequencial, até ano passado, era subdividido em dois: habilitação específica e complementação de estudos. Entretendo, o curso de habilitação específica foi extinto pelo MEC, ou seja, atualmente o único tipo de curso sequencial é o de complementação de estudos. É ele que pode te colocar mais próximo da sua aprovação.

Vamos então compreender as diferenças entre os cursos de superiores de graduação e sequencial de complementação de estudos. De modo geral, duas características principais definem um curso superior: tempo de duração e forma de certificação. No caso ds cursos de graduação, como já mencionado, eles são divididos em bacharelado, licenciatura e tecnólogos.

O bacharelado tem duração de 4 a 6 anos, com carga horária específica e sua certificação é pela emissão de um diploma. A licenciatura possui as mesmas características que o bacharelado, a diferença é que ela tem a função de formar professores, ou seja, habilitação para lecionar. Os cursos tecnólogos têm duração mais curta, cerca de dois anos, e sua certificação também é por meio de diploma. Todos esses cursos permitem que o diplomado faça pós-graduação, uma vez que estes são cursos de graduação.

Para os cursos sequenciais de complementação de estudos, a carga horária é definida pela Instituição de Ensino Superior que está ofertando o curso, diferente dos cursos de graduação que possuem uma carga horária pré-estabelecida. A certificação dos cursos sequenciais acontece pela emissão de um certificado e não por um diploma.  Como os cursos sequenciais são diferentes de cursos de graduação, a conclusão deles não dá o direito de realização de pós-graduação. Então, pra pincelar: o que diferença os dois é o tempo de duração e a maneira de certificação. Os cursos sequenciais geralmente são mais cursos e emitem certificado. Já o diploma é para quem faz graduação.

Bom, agora que você já entendeu a diferença entre um curso superior de graduação e um curso superior sequencial, vamos as dúvidas. É possível prestar um concurso público com seu certificado de curso sequencial? A resposta pra essa pergunta está no edital do concurso que você pretende se candidatar. Portanto, fique atento aos editais. Sempre que um concurso for autorizado, os editais irão especificar as exigências de formação profissional para participar do certame. Em alguns casos, é permitida a participação apenas de candidatados que possuam diploma de curso superior de graduação. Em outros casos, tanto o diploma quanto o certificado são aceitos. O edital também vai especificar se esse certificado precisa ser de algum curso específico ou não.

Deixe um Comentário