(62) 9 9169-3200
Desvendando a dissertação - Realiza
em 02 de janeiro de 2020

Desvendando a dissertação

Para alguns estudantes, o momento da redação é um verdadeiro pesadelo, e a gente sabe o quanto essa etapa é decisiva em seleções de concurso. Quase todas as provas adotam a dissertação argumentativa nas redações: um gênero textual impessoal, em que o produtor deve apresentar um assunto defendendo seu ponto de vista. A dissertação deve ser escrita seguindo uma estrutura fixa, formada por introdução, desenvolvimento e conclusão. Vamos conhecer melhor cada uma das partes desse texto?

Introdução: Apresenta o assunto e a sua tese, que é o seu ponto de vista. Recomenda-se que seja escrita em um parágrafo.

Desenvolvimento: Como o próprio nome indica, é a parte em que você deve desenvolver argumentos que justifiquem a sua tese. Ou seja, no desenvolvimento você deve dizer porque você defende aquele ponto de vista. É ideal que tenha de dois a três parágrafos, cada um deles apresentando um argumento.

Conclusão: Deve conter o fechamento do assunto, retomando, brevemente, os argumentos do desenvolvimento que reafirmam a tese. Se for exigido que você apresente uma “proposta de intervenção”, a conclusão é o lugar certo para fazer isso. Você deve propor uma solução para o problema levantado, que seja coerente com o seu ponto de vista. A conclusão não deve ter mais do que um parágrafo.

Agora que você já conhece a estrutura da dissertação argumentativa ficou mais fácil acertar na hora da prova. Tá vendo que nem é tão difícil? Agora você já pode procurar os principais temas de concurso e praticar bastante.

Não se esqueça de reler sua redação depois de pronta, e bons estudos!!

 

 

Deixe um Comentário